Autor: Francisco

Humildade e Disciplina

A humildade é que permite ver as coisas como realmente são, quer no seu interior, quer no mundo a sua volta. Já a disciplina é uma constante observação. Quais são seus preconceitos, seus vieses ou suas mágoas? Disciplina não é conformismo, é observância, então você verá que não há diferença entre o mundo e você mesmo. Somos uma construção de memórias sobre fatos passados, isso pode ter nos trazido conhecimento ou desilusão. As desilusões nos prendem emocionalmente, porém devemos vencê-las, sobrepujá-las e finalmente enterrá-las. O conhecimento do passado deve ser somente a base sólida para construção do futuro. Se você não se liberta das desilusões, você torna sua vida uma cadeia cíclica de acontecimentos. Eles se repetem, se repetem, pois parece que estão dizendo para você: “Ei quando é que você vai acordar?” Assim, só nos resta a base sólida do conhecimento, mas que deve ser empregado para construção do algo novo, do algo melhor do que antes. Não é isso que deveríamos esperar quando ensinamos alguém sobre nossos acertos e erros? Que eles não repitam nossos procedimentos infelizes? Sim, então é essa a chave desse incrível paradoxo, que nos liberta das amarras do tempo. A chama do conhecimento que arde em nós, e que nos dá a capacidade de criar, de fazer maior e melhor. De sermos vencedores.
– Francisco Marengo – Canal Universo Mágico/ E.I.E. Caminhos da Tradição

Como os Magos são forjados

Dizem que os magos são forjados nos campos de batalha…
Eu pedi a harmonia e me ofereceram o caos, para que eu o ordenasse;
Eu pedi a paz e me ofereceram a guerra, para que eu a vencesse;
Eu pedi a luz e me mostraram as trevas, para que me tornasse o iluminador;
Ainda que na ponta da espada, bem e a justiça sempre triunfaram, mas essa mesma espada que faz um bem, também embeberá o sangue dos inimigos.
Há dois pilares que sustentam o poder do mago, um é o rigor e a disciplina, e outro é a misericórdia. Porém, se o pilar da misericórdia é transposto, o mago o vencerá pois sua vontade é soberana, e o rigor e a disciplina de seu aprendizado são a consequência daquele que escolheu ousar ante o conforto da estupidez e fraqueza do conformismo.
Assim, finalizo meu pensamento ao dizer: Acautelai-vos feiticeiros, ante a vossa estupidez e as suas mandingas inúteis, pois seu céu é o meu inferno, e meu inferno sobre vós estará muito além do vosso entendimento.
Francisco Marengo