Tu somente olharás...

                                   A Sacerdotisa 666

 

Levando em consideração que o Todo é mente e o Universo é mental conclui-se que "Deus" é mente. E, como no havia nada antes Dele, ou seja, Ele era o Nada que passou a ser o Todo. Pois não havia nenhuma matéria Prima para a execução de Sua obra, conclui-se pela lógica que a única forma de se criar algo proveniente exclusivamente de si mesmo é através do poder mental. Por isso costuma-se dizer que somos um sonho na mente de Deus. É então Deus uma mente criativa. Bom, este é o conceito mais óbvio e lógico para nossas mentes humanas. Mas continuando, entendendo que somos o micro no macro, chegamos à conclusão também que nossa mente é também uma mente criativa em menor escala.

Bom, mas se tudo se iniciou à partir dos 4 elementos, mais a Quinta Essência - Pode-se concluir que esta Quinta essência é  a Inteligência Inicial que se despertou em seu estado mais sutil. E claro, nem precisa estudar filosofia Hindu, nem ser Alquimista para se concluir que os 4 elementos de que se fala não correspondem exatamente aos 4 elementos: Fogo, Água, Ar, Terra que conhecemos, mas sim à características correspondentes à estes em níveis mentais. Porém para uma compreensão melhor foi assim grotescamente ilustrado.

Mas, analisando mais cuidadosamente diz-se que o primeiro elemento a se manifestar foi o Fogo, depois a Água e depois o Ar. Está claro cabalisticamente que estes correspondem às três colunas sendo o ar o caminho do meio ou Equilíbrio, já que o mesmo é o meio Termo entre a água e o fogo. (Embora se estudando a cabala pode se notar também a expresso dos 4 elementos se manifestando de forma distinta nos 4 mundos, mas não e pode esquecer que  há muitas formas de se analisar a Cabalah e que a mesma se adapta à qualquer circunstancia de nossa vida.)

Fica fácil traduzir isso para nosso cotidiano dizendo que uma atitude deve ser tomada com uma parte de  empolgação (fogo) e outra de  restrição (água), ou seja com equilíbrio entre sentimento e razão através do elemento mediador (ar). Pois só através da mistura dos 3 elementos iniciais se pode materializar o Quarto elemento - Terra - produto dos mesmos.

A questão é como alcançar este equilíbrio permanente em níveis mentais conciliando razão-emoção sem perder de nenhum dos lados para que então nossa mente possa fluir realmente de forma construtiva?

Pense como é difícil tomar decisões quando nos encontramos entre a espada e a parede. Tendemos a cair para um lado ou para o outro, quando deveríamos nos elevar acima de tudo isso.

A chave para ser forte é conhecer a ti mesmo. Saber quem sois de verdade e o que queres para poder manter o foco do teu objetivo. Só assim poderás ser forte e indestrutível, pois: "Mil cairão ao teu lado e dez mil à tua direita, mas tu somente olharás e verás a recompensa dos ímpios”.(salmo 91)