TRISTE REALIDADE

por Francisco Marengo

Gostaria de convidá-los a participar não num desafio intelectual mas de uma mágica cruzada espiritual. Gostaria de promover a Verdadeira Vontade neste mundo vasto de comunicação avançada. Sem erros ou enganos, gostaria que todos sintonizassem com as Leis Cósmicas Universais. Gostaria de criar os meios para  que nós místicos, esoteristas muito mais do que um caminho criássemos um verdadeiro elo mágico, pois nós somos o uno e o uno está em nós.

Existem uma grande gama de esoteristas e místicos no mundo hoje. Eu tenho absoluta certeza de que muitos não tem encontrado o seu caminho, e muitas vezes quando acreditam tê-lo encontrado, decepcionam-se ao encontrarem falsas idéias pré-concebidas aliadas a dogmatismos fanáticos. Amigos não se convertam por teorias supostamente profundas enfeitadas por belas palavras, mas de conteúdo vazio.  Buscar o crescimento interior pela aplicação das Leis Universais, não pode ser considerado como uma conversão a um credo religioso. A experimentação mística provém  da sensibilidade mais profunda, daqueles que são incansáveis pesquisadores. O despertar da consciência restaura a verdadeira natureza do homem e da mulher e a aceitação prática disto coloca a alma em contato com a evolução natural acenando para um conhecimento espiritual verdadeiro. Este conhecimento é algo como se firmássemos um roteiro no plano das experiências pragmáticas ou lúcidas, tal como viajantes estelares rumo ao espaço infinito.

Sem a aplicação das Leis Universais no âmago do homem,  a humanidade terá um futuro questionável digno de pena,  no mínimo não diferente do presente, não tenho dúvidas quanto a isto,  e temo que o ser humano evite a todo custo este auto-sacrifício. Se vivenciada a sua particular Verdade mais profunda, a sua batalha pelo eterno que é o preço de sua existência, será recheada de glórias. A humanidade pode se erguer por si própria se mantiver o vigor de sua mente em nome da honra e da nobreza de caráter. É preciso que se entenda que os jovens do mundo precisam ser criados sob atitudes sinceras,  honestas,   cujos retratos de sua juventude sejam eternizados, suas tendências de guerreiros que conquistem a vida pelos seus esforços mútuos com a cooperação aos seus semelhantes, e acima de tudo, que suas energias espirituais sejam absolutamente irradiadas por todo planeta.


Se pudéssemos todos abraçar esta causa nós iríamos depois muitos séculos por fim a este vácuo de existência dormente.  Se a alma se deixa levar pelo comodismo,  sucumbirá fatalmente aos dogmas escravizantes dos credos religiosos. E o pior disto, é que na maioria de tais credos religiosos, cujas forças espirituais  estão estagnadas, se destoam totalmente da palavra religião que deveria significar uma comunhão intensa com a natureza e com o cosmos. O homem que deseja evoluir precisa  restaurar de fato essa comunhão divina. Penso que a insanidade da desigualdade social terminariam pela percepção que todo homem e toda mulher são deuses, mas, que precisam resgatar esta concepção sagrada do divino interiormente. Atentados terroristas, guerras, são trágicos fenômenos desse distanciamento interior do homem. O pensamento da humanidade envolvida nesta triste corrente mórbida repleta por vícios, impregna a crosta terrestre, impossibilitando de fato a ascensão do ser humano em estágios superiores de vida. Sem dúvida, esta corrente de pensamento maldita, criada por mentes profanas, ambiciosas e egoístas precisa ser mudada, a começar pela mudança na forma de pensar e de suas atitudes ante a experimentação diária. É absolutamente imperativo que os homens de bom senso, não sejam enganados, e que lutem contra a propagação desta corrente estagnada, evitando assim, a sua propagação pela eternidade. Se você for um sincero e verdadeiro esoterista trabalhe incessantemente então para despertar a nossa Corrente, pela força de nossa meditação, pela força de nossos rituais, pela força de nossos trabalhos mágicos. Tenha certeza que uma comunhão de pensamento unida, pode evitar com muita eficácia os trágicos eventos que a humanidade é testemunha desde o passado distante até o presente.

Se analisarmos, os mais diversos cultos religiosos dogmáticos e escravistas que ganharam cada vez mais espaço no mundo moderno,  veremos que ninguém parece compreender de fato como isto pode ter ocorrido. Um estudo cuidadoso de um culto tentando mostrar sua aplicação veria que a aplicação de conceitos fortes de intolerância religiosa são os primeiros passos. Em seguida estes cultos destroem quaisquer símbolos antigos de outros cultos religiosos, liberando uma energia hipnótica profunda trabalhada fortemente tal e qual um círculo mágico fechado. Na seqüência são aplicados códigos tribais antigos utilizados no passado, sob as condições mais severas. Em sua maioria escravizam a mulher e cantam louvores a um Deus cruel e vingativo, ditando principalmente padrões de comportamento que são facilmente absorvidos pela massa carente de uma luz distante que só será alcançada seguindo fielmente seus preceitos. E assim, obsediados pela sua própria criação mental, unem uma região, uma cidade, um país inteiro. Dia após dia, eles vão forçando seus valores doentios no país que eles tomaram posse até que sua corrente se manifeste ante a religião original.  Atingindo diretamente na psique humana, encontram pontos reais comuns a maioria das pessoas, vítimas de injustiças sociais, ódios insanos, egos feridos e tentam mostrar a estas pessoas que são os escolhidos para um caminho que dará à eles prosperidade ao invés de pobreza, amor em vez de ódio e orgulho verdadeiro em vez de ego ferido, e que se alguém mostra algum tipo de racionalidade divergindo de seus conceitos tratam-se puramente de invejosos, que estão dormindo e em breve acordarão para suas realidades doentias.

É preciso um forte trabalho mental de todos os verdadeiros esoteristas, cuja soma de sua energia, seja manifestada fortemente ante a ameaça de proliferação desses cultos doentios. Que cada um só pode conceber um culto que esteja em sua faixa vibratória é admissível, porém, quando vemos que a humanidade começa a correr perigo ante esta ameaça vitimando pessoas inocentes, creio que é tempo de se fazer algo. A mente coletiva é capaz de se unir pelo ódio a ideais contrários, pelo medo do que está por vir, pela ganância desprovida de sentimentos, mas, o mais triste é que raramente vemos essa mente unida para o exercício do amor puro por ideais elevados.