RESPOSTAS PARA ESTUDANTES NA SENDA

Por Francisco Marengo

 

(Este é um conjunto de perguntas e respostas em temas ocultistas diversos, desenvolvidos em nosso fórum de estudos)

SOBRE O PLANO ASTRAL...

 

Estudante: Venho outra vez, pedir esclarecimento a respeito de um assunto que me deixou confuso.

Eu já estudei muito sobre a projeção, mais há pouco tempo encontrei um site, que diz que o mundo astral é um mundo de ilusões, e que quem a realiza, ao invés de ir ao encontro da iluminação, faz o seu oposto.

Em um outro site, no qual me baseio muito em seus ensinamentos, fui influenciado à realizar a projeção com um objetivo de ajudar os espíritos necessitados, e neste primeiro site, ele afirma que ao fazer isso eu estaria piorando minha condição. E complementa dizendo que a única dimensão onde eu poderia encontrar a iluminação, seria no mundo "étero", mantendo relações apenas com os seres que ascenderam, como Cristo, e Buda, e que estes, só seriam encontrados lá.

Não acho necessário citar os sites, mas peço, por favor, uma orientação à respeito da projeção, e comunicação com os desencarnados. E à respeito do mundo "étero". Desde já agradeço.

 

FM: Creio que você está meio perdido em meio a tantas informações. Primeiro o mundo astral não é um mundo de ilusões, talvez o plano físico seja muito mais ilusório do que o astral. E nem é oposto de iluminação uma vez que todos nós à noite, durante o sono realizamos projeções inconscientes sem problema algum, cujas imagens muitas vezes são interpretadas como resultado de sonhos e pesadelos. Isto não significa dizer que todo sonho ou pesadelo seja exatamente o resultado de uma projeção inconsciente. Na maioria das vezes isto será somente o reflexo de uma descarga cerebral para aliviar as tensões do dia a dia. O mundo astral é formado por material mental tanto dos seres encarnados como nos desencarnados. Há alguns modismos novos intitulados de "projeciologia" cheios de técnicas desnecessárias ou mirabolantes, sendo que os Magistas e Iniciados conhecem as técnicas corretas de Projeção Consciente há milênios, intitulada simplesmente como "Projeção Astral" ou "Desdobramento Astral".  Em nossas apostilas de estudo na E.I.E Caminhos da Tradição, o assunto é bem explanado e desenvolvido. Os membros mais adiantados de nossa Ordem realizam tarefas astrais normalmente, neste e em outros planos, dentre os quais se incluem processos de cura espiritual à distância, entre outros trabalhos. São práticas normais, e só se tornam arriscadas sob ato induzido, se o magista estiver sofrendo um ataque astral e ainda não sendo senhor de sua vontade, corre o risco de ser obsedado ou até mesmo possuído, se bem que este último seja um caso mais raro. E por último não é mundo "étero" e sim etéreo (talvez você tenha confundido com corpo ketérico - o 7° corpo que compõe a aura), que provém do termo éter, substância menos densa que a substância astral que interpenetra a parte densa do plano astral e físico, tido como fluído essencial do Universo.

Óbvio dizer que para estabelecer um contato com seres ascencionados (note que Buda e Cristo são estados de elevação espiritual e não personificações humanas), ou de elevada estirpe espiritual (Mestres Secretos ou Ascencionados), antes devemos procurar ascender até eles, não em projeções astrais, mas sim através de nossas atitudes diárias, aqui mesmo no plano manifesto ou físico que nos encontramos.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

 

Estudante: Sr. Francisco, eu creio que minha idéia em relação à projeção astral, é comparável a sua, mas as informações que me trouxeram estas duvidam, eu obtive na internet, enquanto procurava técnicas que pudesse utilizar no astral.

O site que eu as encontrei foi o site da Grande Fraternidade Branca. De início, quando obtive as primeiras informações à respeito desta "ordem", imaginei que fossem espíritas, mas agora, me encontro desorientado em relação à ela.

O Sr. sabe, e poderia me explicar um pouco sobre ela?

A url é http://www.grandefraternidadebranca.com.br/plano_luz.htm

Desde já eu agradeço a atenção.

 

FM: A GFB não é uma "Ordem" instituída no plano físico e sim uma Fraternidade Espiritual presidida pelos Mestres Ascensos ou Mestres Secretos, onde se presume que as "Ordens" ligadas a esta linha filosófica sigam as orientações destes Mestres. Ultimamente na "NET" vemos muitas mensagens atribuídas a canalizações onde o Mestre Ascenso transmite mensagens ao médium, mais por influência e não através da escrita mecânica, como é o caso da psicografia mediúnica. Apesar de acreditar que a maioria dessas mensagens provenha da própria pessoa e não de um mestre Ascenso, vale ainda o que disse anteriormente, o que importa para evoluir e ascender espiritualmente são suas atitudes em relação às pessoas que lhe cercam e em relação à vida em geral propriamente dita. 

--------------------------------------------------------------------------------------

SOBRE A PROJEÇÃO LÚCIDA...

 

Estudante: Gostaria de aproveitar a ocasião para discutir com vocês um assunto. Estava conversando com um amigo que me contou que o registro dos sonhos é uma das formas de treinamento da mente, o que favorece uma projeção do espírito de forma consciente. Vocês concordam que o registro e leitura dos sonhos ajudam-nos de alguma forma a treinar a mente para tornar possível a projeção lúcida?

 

FM: Uma vez que se pretenda a realização de um trabalho mágicko, será sempre importante o registro desses eventos (assim como, imagens, sonhos, premonições, etc.) num livro ou caderno que pode ser chamado de diário mágicko. A leitura posterior destes acontecimentos poderá dar certos "insights" ao magista.

Entretanto, não é registrando os sonhos que você irá treinar sua mente para exercícios de projeção lúcida ou sonho consciente. Para tal você precisará fazer exercícios de adestramento mental, práticas de meditação, visualização, etc. A prática regular destes exercícios é que lhe darão a possibilidade de explorar paulatinamente o potencial desse manancial inesgotável que chamamos de mente humana.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE A PREMONIÇÃO… 

 

Estudante: Marengo obrigado pela resposta referente ao treinamento mental.
Gostaria de pedir orientação a vocês numa questão ligada à percepção e
premonição. Durante minha vida tive alguns flashes, chamem de insights. Sem que eu tenha controle consigo determinar :

1- O que está prestes a acontecer na maioria das vezes.
2 -  Em outros casos consigo perceber uma pessoa ruim: seja ela alguém
de má índole, ou com energias/pensamentos negativos, ou ainda, alguém
que você sabe que de alguma forma vai lhe causar problemas.
Conversando com dois amigos, um me disse sobre a primeira questão:
1- bem, se você ficar pensando em coisas negativas, vai atrair para si
mesmo este tipo de gente. Procure não pensar ficar pensando
negativamente sobre as coisas.

 

FM: Ter uma percepção ruim sobre um fato não é o mesmo que pensar negativamente. Pensar negativamente é uma característica das pessoas pessimistas, aquelas que crêem que todo o mal do mundo recai sobre só sobre suas cabeças. Que são injustiçadas, etc. Pessoas com este perfil normalmente não merecem ajuda alguma, pois tem a característica da ingratidão. Estes tipos precisam levar bastante na cabeça até aprenderem por si próprios.  


Estudante: para a segunda questão, o outro dizia:
2- O problema é que você está lidando com o astral o tempo todo, isso
não é bom. É um plano de imagens e você acaba se deixando levar pela
onda de impressões do inconsciente coletivo. Existem outros planos
além do astral. Tem que controlar mais a si mesmo e aos seus pensamentos.

 

FM: Lidar com o astral o tempo todo realmente não é bom para pessoas despreparadas. Para isto existem as Escolas Iniciáticas que procuram passar a base e o direcionamento inicial para quem envereda pela Senda Mística ou Oculta. O inconsciente coletivo termo utilizado originalmente por Carl Gustav Jung não se aplica exatamente neste contexto, pois Jung acopla este teorema a idéia de introversão e extroversão que diz que cada indivíduo pode ser caracterizado se orientado para seu interior ou para o exterior, mundo ou plano interior para introvertidos, mundo externo ou exterior para o extrovertido. Assim Jung identificou quatro principais funções psicológicas que chamou de fundamentais: pensamento, sentimento, sensação e intuição. E cada uma dessas funções pode ser experimentada das duas maneiras acima citadas a introvertida ou a extrovertida dentro do Inconsciente Coletivo através de estruturas psíquicas ou Arquétipos. Tais Arquétipos a luz do Ocultismo são formas pensamento criadas como Jung diz "inconscientemente" para organizar o material psicológico que nós chamamos de astral ou fluídico. Estas formas existem antecipadamente do conteúdo que vai sendo agregado pelo material mental ou astral que o originou.   Arquetipicamente existe a forma para gerar um deus, neste caso chamaremos esta forma de grandes proporções de egrégora que varia de acordo com as circunstâncias existenciais, culturais e pessoais de uma coletividade, podendo corresponderem-se  a temas mitológicos  ou religiosos oriundos das lendas populares das mais diversas culturas.  

O autocontrole neste caso é realmente necessário se observado que poderemos em nossos momentos de ódio, inveja ou outros pensamentos destrutivos originar formas indesejáveis que depois são capazes de agredir nossa estrutura astral ou psíquica. 

 

Estudante: Gostaria muito de saber a opinião de vocês a respeito disso. Existe realmente uma falta de controle que faz com que eu perceba coisas
ruins ou simplesmente coisas corriqueiras que vão acontecer?

 

FM: A percepção de "insights" não é característica de falta de controle e sim de uma hipersensibilidade natural e inerente a todos os seres vivos em maior ou menor escala. Esta percepção muitas vezes é um alarme intuitivo natural que possuímos, para nos sugerir o alerta sobre determinada pessoa ou fato. A questão é colocar as emoções sob vontade, de modo a ter certo equilíbrio entre as polaridades.  

 

Estudante: Devo ter um treinamento mais adequado ou me desligar dessas experiências?

 

FM: Você não tem como se desligar de algo que está presente em sua própria natureza, percebe? A maioria das pessoas escolhe simplesmente colocar tais sensações de lado, tentando afogá-las em suas mágoas, incertezas, sentimentos de culpa, etc. Nada disso realmente funciona. Certa vez num de meus ensaios mencionei que não deveríamos aprisionar as feras selvagens. Pois ao fazermos isto, destruiríamos a sua principal natureza que é ser livre e não domesticável. Controlar seus dons interiores é saber conviver com eles sem tentar afogá-los como querem crer alguns pseudo-esoteristas. O treinamento é uma forma de ordenar os pensamentos, de saber ir de um extremo ao outro ainda assim se colocando no centro.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE A FRASE: FAZ O QUE TU QUERES…

 

Estudante: Olá, Francisco! Noto que em suas mensagens a frase sempre presente é: Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei. Poderíamos formar um círculo de discussão sobre a Lei de Nuit? Esta frase é a desta lei, pelo que conheço. Já vi tanta gente interpretar erradamente, no meu ponto de vista, esta lei que estou realmente interessado nela. Eu, particularmente, tenho uma interpretação muito positiva dela, ao contrário de muitos que a qualificam como ‘lei proibida’. Qual a sua visão direta sobre a frase e a lei?

 

Marengo: Esta é a base da primeira parte lei de Thélema (Nuit, Hadit e Ra-Hoor-Khuit) que não pode ser interpretada sem sua continuidade:

"Amor é a lei, amor sob vontade."

Então há uma maneira muito simples de interpretá-la: Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei, ou seja, fazer tudo em conformidade com a Lei que é regida pelo Amor, mas não estamos falando aqui de um amor egoísta, estamos falando de um Amor Superior, como o mais nobre e elevado sentimento que o ser humano possui. Ora, se acreditamos num poder superior, só podemos acreditar que este Poder Superior é gerado por este mesmo amor. A fórmula buscada pelos Iniciados para o contato com o seu Eu Superior só poderá ser atingida através dessa Fórmula. A Fórmula de Ágape, a fórmula do Amor Universal.

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Sobre o Sagrado Anjo Guardião (SAG)...

Estudante: Lendo o ensaio sobre Santo Anjo Guardião, me surgiu algumas dúvidas...   No livro Diário de Um Mago, de Paulo Coelho, ele descreve os procedimento para a conversação com o mensageiro, que na minha concepção é o Anjo da Guarda, que por sua vez, o Santo Anjo Guardião, que por sua vez, o SAGA.

 

R: Primeiro não é SAGA é SAG - Sagrado Anjo Guardião. O procedimento indicado por PC em seu livro nada tem a ver com o Ritual de Contato com o SAG. O mensageiro pode ser mais identificado com um Daimon, um demônio pessoal, um espírito familiar. Diga-se de passagem o ritual descrito no livro é apenas um esboço e portanto, incompleto, não devendo ser levado a sério.

 

Estudante: No seu ensaio de vocês que tem como tema "identificando os demônios pessoais" ( desculpem-me, não lembro a data), fala ao final, sobre a conversação com o SAG, pois "segundo Abramelin, o trato com os espíritos infernais vem depois da conversação com o Santo Anjo Guardião.[...].  O próprio SAG quem ensina o mago a melhor maneira de evocar e controlar os espíritos.e adverte enfaticamente sobre o risco mortal que é a evocação dos espíritos infernais sem a imprescindível retaguarda fornecida pelo SAG. ". A minha pergunta é: 

Se eu converso com o Santo Anjo Guardião, e ele me ensina as melhores formas de combater os espíritos infernais e me dá sua proteção, como pode ele ser um ser interno? Ou até mesmo, como pode estar "meio dentro e meio fora" como é dito no ensaio ? 

 

FM: A sua concepção é física. Um ser espiritual não pode estar dentro ou fora, pois não possui um corpo físico e sim espiritual, não possui densidade material, assim como, não tem tamanho ou forma. Existem planos mais sutis, digamos, que interagem com o plano físico. Por outro lado, o SAG não ensina a "combater" os espíritos infernais. Quando o magista estabelece o contato com o seu SAG, ele estará simplesmente exercitando, contatando com a esfera crística dentro de si, que também pode ser intitulada de Eu Superior. O objetivo disto é o conhecimento de sua natureza mais superior ou divina, com o intuito de colocar sob vontade mágicka sua natureza inferior ou instintiva. O resto vem como conseqüência.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE AS SOCIEDADES SECRETAS...

 

Estudante: Vou novamente  ousar se puder responder tudo bem! Pegando o gancho enquanto estava lendo me deparei com mais uma dúvida:
E é exatamente do Ponto "X" de toda questão para mim: Como se pode saber mais a respeito dessas organizações, suas descobertas, seus conhecimentos, suas deduções- insights... Inspirações...  se  SÃO SECRETAS? Como saber se está no caminho certo? (é complicado).

 

FM: A resposta é mais simples do que você poderia supor. Para saber a respeito dessas organizações que menciona, basta estudar Ocultismo, seus princípios, suas origens seus métodos, as escolas, as Irmandades e as Organizações que permearam a história da humanidade. Hoje em dia o acesso a essas pesquisas não é tão secreto assim. Mas, a escolha de um caminho para seguir é algo pessoal. A pessoa deve se sentir bem com o caminho escolhido, e se não sente, não deve segui-lo. Eu não posso dizer para você qual o seu melhor caminho. Só posso mostrar o caminho que eu escolhi e, ao menos, aquilo que é passível de entendimento as pessoas que buscam "um caminho para seguir". De repente, você se dá bem com a prática da Yoga, adentra a uma Organização Rosacruz, uma Ordem Thelêmica, um Templo de Umbanda, uma Irmandade Hermética. Só você pode decidir qual o caminho que deva seguir. De minha parte tento somente trazer luz para o entendimento. Você já leu livros de Eliphas Levi, Franz Bardon, Papus, Blavatsky, Dion Fortune, Crowley, etc.? Quem sabe seu caminho não começa por aí. Pela busca de subsídios.

 

Estudante: Também me preocupa sua colocação: “Buscadores do oculto estão na maioria das vezes, sujeitos”... Há perigosas situações, por NÃO SABEREM BUSCAR O CAMINHO que os leve ao Plano de Assunção Espiritual.

 

FM: Claro que sim. Pode ser tão perigoso quanto atravessar uma avenida movimentada, sem olhar para os dois lados, sem caminhar pela faixa de segurança. Os avisos são para isto. Por outro lado, não adianta tentar ensinar ao aluno do primário, complicadas equações se ele sequer aprendeu a tabuada. Percebe?

 

Estudante: Talvez minha pergunta seja muita ingênua mesmo assim vou arriscar: " O ser conduzido, ou a escolha já está no Ser, já nasce com ele? Ou seja já são "escolhidos" os dignos de tais conhecimentos? Sei que o senhor dirá todos tem livre arbítrio, mas a resposta está no ousar, no ler, ler, comparar, associar e no acreditar?

 

FM: Interessante, se você já sabe até a resposta porque pergunta. Não existe no esoterismo necessidade de auto-afirmação. Realmente não. Ninguém é conduzido. Faz porque quer, estuda porque gosta, faz porque acredita no reflexo positivo que tais estudos possam trazer para sua vida ou para o entendimento daquilo que é incognoscível para a maioria das pessoas.  Tem gente que nunca ouvi falar antes, que me escreve agradecendo que tal texto ou ensaio meu, o ajudou em determinado problema em sua vida. Ora, isto para mim é o que basta. Tenho feito isto por toda minha vida. Isto é parte de minha missão de vida. Entretanto, eu pergunto agora você: A que veio até nós? Não seria também buscar o entendimento? Ora, não estive num domingo à porta de sua casa no intuito de convencê-la que só Deus salva e minha religião é melhor que qualquer outra. O seu interesse surgiu por sua própria vontade de empreender uma viagem, em busca daquilo que lhe é desconhecido. As pessoas precisam parar de querer complicar aquilo que é relativamente simples. Autores escrevem livros de 500 páginas para explicar algo simples como uma projeção astral. As pessoas romanceiam demais o ocultismo. Pensam em mestres ermitões de barba branca e sociedades secretas que detém o Poder. Na verdade não são sociedades ou um governo oculto no mundo que detém o poder. É a ganância de poucos que detém o poder, pois como diz o ditado: “O poder absoluto, corrompe absolutamente". E não é isto que temos visto em toda a história de religiões e governos ditatoriais ou corruptos? Daí eu digo, eu estou fazendo minha parte, você está fazendo a sua? Não seria a busca do conhecimento oculto, uma forma que as pessoas procuram para dar sentido em suas vidas?


Estudante: Lembro que o senhor escreveu sobre ter algo escrito no CD do Curso Intermediário, ainda não cheguei lá! Estou engatinhando no processo se é que se pode usar esse termo. Mais uma vez obrigada.

 

FM: A chave para isto é:estude! E, não acredite em nada nem em ninguém, faça da experiência pessoal a sua bússola!

-----------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE PECADO E MAGIA SEXUAL...

 

Estudante: Direi algumas coisas que poderão ao seu ver serem ingênuas demais. Mas como deve tratar com todo tipo de pessoa já deve ter se acostumado a ouvir coisas (temas) de relevante valor e outras que apenas demonstram falta de conhecimento, mas por favor tenha paciência.

 

FM: A paciência é uma virtude.

 

Estudante: Sabe senhor, ao ler os seus escritos me deparei com coisas que me afligem como por exemplo o corpo- gostaria de ser espontânea com relação a falar sobre esse assunto, mas a maioria de nós foi criada a vê-lo como algo pecaminoso e feio e fica complicado mudar aquilo que a nós é imposto desde o nascimento por assim dizer.

 

FM: Se bem que vez ou outra mande ensaios de minha autoria, o ensaio abaixo é de autoria de Aleister Crowley, conforme poderá observar. Entretanto, comentarei o que escreveu sem problemas. Não creio que mudar a forma de ver o mundo seja de fato complicado. Acho, no entanto, difícil a pessoa ter "coragem" para mudar, pois tudo aquilo que rompe ou choca a sua versão ou modo de compreensão do mundo a sua volta, torna-se em partes assustador quando a mente prefere ser limitada. Mudar as concepções é, no entanto, uma necessidade para que o estudante do Oculto possa estar aberto a novas convicções. Não é possível trazer à tona uma realidade diversa se a mente do estudante está como um balde repleto de água turva. O Ocultismo que proponho as pessoas estudar não se trata meramente de uma metástase simbólica, nem tampouco de declarações ilusórias ou enganosas muito conhecidas em alguns grimórios que datam da Idade Média. Nós tratamos Ocultismo como uma Ciência ou uma Supra-Ciência e por ser assim suas fórmulas seguem leis físicas de ação e reação tal como suas análogas Ciências mais ortodoxas ou mundanas.   

 

 

Estudante: Mas, apesar de toda repressão tenho especial curiosidade sobre o tema Kundalini. Pergunto: Para que se pratique o parceiro também tem que estar interessado pelo assunto (tem que entender?).

 

FM: Se você se refere às práticas do Tantra Yoga ou mesmo Magia Sexual, é de fato óbvia a necessidade de que ambos estejam sintonizados com a prática. Entendimento provém da aplicação de um conhecimento na forma prática. Este conhecimento já tomou forma em certos indivíduos que são os reflexos terrenos, dos Mestres Ascencionados (ou Mestres ou Chefes Secretos) cujo ofício requer a coordenação da Consciência em sua fase humana e no segmento particular desta fase na qual o homem pode atingir a plena realização de sua identidade, Ego ou Eu Superior atingindo a Fonte de Iluminação, isto é, com a Consciência Solar. Isto é tipificado macrocosmicamente pelo Sol - o Ponto dentro do Círculo - e microcosmicamente pelo Falo que, por sua vez, tipifica a Kundalini, o poder serpentino ou espiral da Consciência criativa. Os homens tornar-se-ão como deuses, porque o poder da criação (a prerrogativa dos deuses) será empunhado por eles através do comando das forças atualmente chamadas "ocultas" ou escondidas. Esta força é a serpente chamada Kundalini, ou Kundalini, nos Mistérios da índia; afirma-se que ela está enrolada na base da espinha e permanece adormecida na pessoa cuja espiritualidade não está desperta. Em Thelema é identificada com Hadit, ou Set. As práticas designadas para despertar este poder são conhecidas como perigosas; somente o imprudente experimenta-as sem a devida preparação mágica. A Kundalini, desperta, vitaliza os marmas ou pontos de poder do corpo humano e embebe-os com o néctar de seu beijo-serpente. A mistura do néctar com o fluido que circunda o Lótus sagrado de cada marma gera um Kalas ou talismã de grande potência. A natureza e a posição do Lótus determinarão o tipo de visão experimentada.

Se a shakti ou força potencializada feminina atua exclusivamente nos centros psico-sexuais, a depravação e a destruição são os resultados inevitáveis, tais como padres pedófilos e outras aberrações sexuais; mas se a serpente é erguida ereta e se sobrepasse todos os Lótus durante a sua subida flamejante, e se ela, então, se une com o néctar pingando do Lótus de mil pétalas na região cerebral, a iluminação acontece e resulta nas mais elevadas Iniciações.

 

 

Estudante: Talismã- quando o Sr. se refere ao Talismã está se referindo ao Corpo?

 

FM - Neste caso específico Crowley se refere a um tipo específico de Alquimia Sexual intitulada de Kalas, conforme eu mencionei acima.  

 

 Estudante: Sabe em meus devaneios fico imaginando rituais em que simbolicamente há uma morte. A pessoa morre para essa vida (o que seria seu cotidiano) e passa a viver em outra vida (onde a priori está o aprendizado, a disciplina e o necessário para contribuir para a evolução da humanidade). 

 

FM - Disto se trata a alegoria da Phoenix que morreu para ressurgir das cinzas, tal como, o neófito morre para conceitos e preconceitos antigos ou infundados para que o "novo" possa ressurgir.

 

Estudante: Ousei falar destes assuntos com o senhor, pois meu marido foi quase padre e com relação a leituras e ao crer sei que ele não aprova minhas opções. Quando conversamos sobre alguns temas ele sempre termina com a frase: Isso não tem fundamento,  ou há contradições, as épocas não conferem e assim vai... Ele é católico convicto e eu leio, busco outros assuntos. Na maioria das vezes procuro me calar. Ficar na minha. (Sabe no fundo, no fundo gostaria que ele voltasse para o seminário)

 

FM- Que bom para todos nós que não estou nem um pouco preocupado em convencer ninguém de nada. Mesmo porque o Ocultismo, tal como, uma Ciência professada, não é acessível a mentes despreparadas para o seu entendimento. Assim dizemos: "Para bom entendedor, meia palavra basta!"

----------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 AINDA SOBRE PROJEÇÃO...

 

Estudante: Analisando este tema, e associando a mim, eu pergunto ao nobre irmão, se em um exercício no qual se fecha os olhos da matéria, para abrir os olhos da alma, foi indicado que um símbolo sagrado surgiria, e que me ligaria a arvore da vida através dele. Porém fiz  o mesmo exercício algumas vezes e não deparei com nenhum símbolo, não tive a visão de nada somente do escuro, o que teria eu feito de errado, deveria ter me projetado em algum símbolo?

 

FM: A projeção neste caso se faz em algum símbolo. É muito vago alguém dizer: "feche os olhos e abra os olhos da alma" - e achar que algum símbolo vai aparecer. Por outro lado, se você se refere ao estudo da Kabbalah, a mesma já fornece as imagens mentais e símbolos a serem trabalhados. E mesmo assim, essa prática de meditação sobre as esferas da Kabbalah requer tempo de prática, e toda uma ritualística que envolve esse trabalho.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

SOBRE DONS ESPIRITUAIS...   

 Estudante: No texto intitulado AUTO DEFESA, de sua autoria, minha leitura percorreu este parágrafo e me inspirou falar-lhe algo sobre esta expansão de consciência: “A mente é um manancial inesgotável de energia, a mente treinada é expandida além do espaço-tempo conhecido.” Relatarei experiência neste campo, que exerço desde tenra idade. Desloco minha mente para locais reais para perceber o que está acontecendo... Tenho a ética de não me permitir ver com os olhos da mente para não incorrer em invasão de privacidade alheia assim como não gostaria que invadissem a minha. Permito-me apenas sentir o ambiente... se ele vibra positivamente ou não... Concluindo se dentre aquelas pessoas / naquele ambiente, está tudo bem ou não. Quando a situação requer, deixo que meus olhos da mente penetrem e me mostre o local físico... No mais, percebo apenas com as forças do coração as energias ali reinantes... Frater, por inumeráveis anos venho tentando buscar o motivo deste poder... Agora, mais madura, o entendo, embora de forma muito limitada e quase não o pratique mais. Sei que posso exercer esta força em prol de benefícios volvidos aos irmãos – algo direcionado para alcançar resultados verdadeiramente planejados. Se achar por bem abrir mais este tema comigo, ficaria muito grata. Me coloco a sua disposição.

 

FM: Isto não é um poder, e sim um dom. No catolicismo é conhecido com dom do Espírito Santo, no espiritismo como dom mediúnico. Na Yoga é considerado um alterado estado de consciência atingido em Samadhi. No Xamanismo é conhecido como "A Arte de Sonhar" ou "Sonho Dirigido". Há ainda os modismos novos intitulado de "projeciologia" cheios de técnicas desnecessárias ou mirabolantes e os magistas conhecem simplesmente como "Projeção Astral" ou "Desdobramento Astral". Em nossas apostilas o assunto é bem desenvolvido. Existem muitas pessoas que já nascem com determinados dons, tais como, Clarividência, Clariaudiência, etc.

Para nós magistas, se nascemos com um "dom", tratamos de colocá-lo sob nossa Vontade. Assim como, aprendemos a desenvolver outros "dons simplesmente adormecidos", sim porque todos possuem esses dons, mais ou menos desenvolvidos. O Corpo Astral veículo do espírito na Projeção, e pode ser desenvolvido a ponto de se tornar fluidicamente tátil e até mesmo realizar tarefas que faríamos normalmente. Tudo isto é tema de nossos estudos, a base está no material que o Collegium Ab Thelema dispõe para vocês e nos cursos ministrados através de nossa Escola Iniciática.

Os membros mais adiantados de nossa Ordem realizam tais tarefas astrais normalmente, neste e em outros planos, dentre os quais se incluem processos de cura espiritual à distância, entre outras. São práticas normais, e só se tornam arriscadas sob ato induzido, se o magista estiver sofrendo um ataque astral e ainda não seja senhor de sua vontade, correndo o risco de ser obsediado ou até mesmo possuído.

No mais é algo muito natural e nos projetamos quase todas as noites, cujas imagens muitas vezes são interpretadas pelos profanos como resultado de sonhos e pesadelos. Isto não significa dizer que todo sonho ou pesadelo seja exatamente o resultado de uma projeção inconsciente. Na maioria das vezes isto será somente o reflexo de uma descarga cerebral para aliviar as tensões do dia a dia.

 

Khonx Om Pax!
Luz em extensão!

 

Fraternalmente;

Francisco Marengo
Frater Magister.'.'.'
E.I.E. Caminhos da Tradição