RESPOSTA PARA UMA ESTUDANTE
POR SÓROR FORTUNA
=======================================================
 

 

Boa tarde,

Ninguém nasce mestre e nada é alcançado sem esforço. Isso que você chama de "Dominar as paixões selvagens" nada mais é do que a primeira iniciação. E não é fácil, mas depois de alcançada você verá como vale a pena. Abre-se um novo mundo diante de nossos olhos. Todos nós passamos por isso, todos os que estão ligados à uma Ordem ou não. Mas todos os que estão vivos passam. A diferença é que os que estão numa Ordem tem conhecimento do que está acontecendo com eles, os outros não. As iniciações são as provas impostas pela própria vida. Alguns vencem outros não.
 
No seu caso, a prova imposta a você é a primeira iniciação chamada de Iniciação Venusta, ou Iniciação do Fogo, ocorre na Nona esfera da Qabalah chamada Yesod. Jesus alcançou a iniciação Venusta no Rio Jordão no momento do Batismo - foi só à partir de então que passou a fazer Milagres, não é verdade? Se aconteceu de Verdade ou não eu não sei, mas a história é muito bem contada e contém um misticismo profundo. Você deve estar se perguntando: Como? Pois eu vou te dar uma dica: Você deve vencer a paixão e amar demasiadamente. Amar tanto que a felicidade da criatura amada passa a ser mais importante que a necessidade de possuí-la. Amar e ser feliz pelo simples fato de que esta pessoa existe e está feliz. Sem sofrimento algum.

Isso acontece com cada um de nós se soubermos trabalhar. E as pessoas realmente felizes no amor "que encontraram suas almas gêmeas" já passaram por isso e não há como encontrá-la antes de vencer esta iniciação. No caso de Jesus foi uma coisa muito mais profunda pois ele foi capaz de amar.   Toda a Humanidade de tal forma que ela era sagrada para ele e ele entregaria sua própria vida por ela. Isso pode ser observado no momento de sua crucificação quando ele disse: pai perdoai-os porque ele não sabem o que fazem.
 
Ele também poderia não ter sido crucificado se não quisesse, mas ele se sacrificou por aqueles a quem amava. A calcificação ocorre na Sexta esfera da Qabalah Tipheret e corresponde à outra iniciação. Isso no entanto não quer dizer que ele não tenha passado por provações. Ele era um homem que nasceu humano como qualquer outro e foi tentado - por isso se retirou para o deserto... bom estas histórias você deve saber bem melhor que eu. Agora se os mártires - não só Jesus - passaram por suas provações, porque nós não aceitamos as nossas?

Pax et Lux
Sóror Fortuna
E.I.E. Caminhos da Tradição

===================================================================================
----- Original Message -----
From: XXXX
To: Sóror Fortuna
Sent: Sunday, June 25, 2006 4:17 PM
Subject: Re: Re: Re: Informação


Sóror, li o texto do Frater sobre Fragmentos de Eliphas Levi. Pensei o teor do que estava escrito caiu como chapéu na minha cabeça. Quem sou eu para querer ser uma iniciada? Estou aquém de muitas coisas. Por exemplo estou escrava de uma paixão (parece coisa boba, mas não é).
Ai, que droga, como conseguir dominar aquilo que entorpece meus sentidos de forma cruel, como ser mais forte? Como ser independente destes sentimentos selvagens? Como adquirir Paz e Equilíbrio e não me deixar abalar por esses sentimentos que chegam, aceleram nossas batidas cardíacas, fazem nosso intelecto sumir, amolecem nosso corpo? E nos deixam ali com cara de bunda.
Realmente nem sempre querer é poder. A não ser talvez se passássemos por etapas e fossemos eliminando as fraquezas pouco a pouco, mas isso indiscutivelmente não conseguiremos sozinhos. Isso necessita de ajuda. Alguém tem que nos dar suporte (sou fraca) somos reles humanos.
 Aos que conseguem parabenizo (palmas, muitos aplausos). Penso que não são apenas dignos de serem iniciados mas de serem MESTRES NATOS.
A grande verdade é que não podemos nos comparar a um "Eliphas Levi" ou alguém da mesma linhagem, querer esse mérito sem a devida preparação certamente nos tornará humanos frustrados, pois essas pessoas passaram suas vidas em contato com seres mais elevados espiritualmente, com material de estudo a altura sem contar o que eu nem saberia dizer. Sozinhos não somos nada e nem chegamos a lugar algum que valha a pena. Obrigada.