Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei


Oficialmente fundada em 1902, pelo químico e industrial austríaco Karl Kellner (1850-1905), a
Ordo Templi Orientis foi um dos resultados de toda uma movimentação sócio-cultural que tomara conta da Europa do final do século passado.

Estas investidas causaram uma verdadeira revolução de comportamento na Europa. Matérias como o Yoga, os ensinamentos Sufis, os Sutras e toda a enorme variedade da complexa cultura do Oriente, vinham como a esperada resposta à ânsia de novidades que se instalara no Velho Mundo.

Kellner viajou pelo Oriente,  encontrando por lá três Adeptos que o instruíram e iniciariam em segredos reservados a certas práticas mágicas secretas. Esses Adeptos, a saber os yoguis Sen Pratap e Sri Mahatma Agamya Guru Paramahansa e um árabe chamado Soliman Ben Aifha, apresentaram a Kellner uma forma de tantrismo conhecido como Tantra da Mão Esquerda, sendo uma poderosa forma de magia sexual e também um símbolo ou chave, perante o qual todas as religiões, mistérios e doutrinas místicas do mundo, seriam explicados e compreendidos.

Ainda segundo Kellner, este mesmo segredo que lhe fora confiado era exatamente aquele pertencente à antiga e lendária
Ordem dos Cavaleiros Templários, do qual estes se transformaram em guardiões. Daí a origem do nome da Ordem que, em seguida, seria fundada por Kellner.

 



Apesar desta versão ser considerada a história oficial, não podemos deixar de mencionar a existência de uma forte suspeita de que o conhecimento possuído por Kellner tivesse vindo de remanescentes franceses de uma outra fraternidade, a
The Brotherhood of Luxor, da qual fizera parte o notável e obscuro Randolph Pascal (1825-1875). Supõe-se que Kellner, tendo se relacionado com vários grupos de ocultistas europeus, encontrou na França os herdeiros e seguidores do conhecimento de Randolph Pascal. 

Nunca se soube ao certo se Kellner realmente obteve o seu conhecimento no Oriente ou, indiretamente, de Randolph; ou ainda de uma outra terceira fonte qualquer. O fato é que ele realmente possuía o conhecimento secreto que deu origem, pouco depois, à
O.T.O.

Kellner, de posse desse novo conhecimento, associou-se a outro ocultista e maçom, o austríaco Theodor Reuss, com o intuito voltado para a fundação de uma Academia Maçônica composta de três Graus, cujo ensinamento básico seria aquele obtido por Kellner quando de sua viagem ao oriente. Esta Academia passaria a ser chamada de
Ordem dos Templários do Oriente.

Em 1902 a
Ordo Templi Orientis é oficialmente fundada, tendo Kellner como Honorário Grão Mestre e Reuss como O.H.O. ("Cabeça Externa da Ordem"), sob o Mote (nome mágico) de Merlin Peregrinus. Heinrich Klein e o conhecido ex-teósofo Franz Hartmann (1838-1912), que também tinham sido patenteados por Yarker, aparecem como co-fundadores da O.T.O. Karl Kellner viria a falecer em 1905.

No período compreendido entre 1902 e 192 1, Theodor Reuss expandiu a Ordem internacionalmente. A
O.T.O. crescia, através de vários novos chefes nacionais, patenteados com o Xº Grau. Assim, o Dr. Gerard Encause (mais conhecido como Papus) foi nomeado Chefe para a França; o Dr. Arnold Krumm-Heller (Frater Huiracocha) Chefe para a América Central; Heinrich Tranker (Frater Recnartus) Chefe para a Alemanha e Rudolph Steiner (fundador da Sociedade Antroposófica) lideraria a Ordem na Áustria.

Aleister Crowley, que entrara na Ordem em 1910, após um insólito encontro com Reuss, foi nomeado, em 1912, Rex Summus Sanctissimus para as Ilhas Britânicas, adotando então o mote Baphomet. Charles Stanfeld Jones (Frater Achad), lideraria a Ordem na América do Norte.

Aleister Crowley nasceu em 12 de Outubro de 1875 e.v. em Leamington, Inglaterra. Sua família eram membros muito devotos de um culto cristão denominado os Irmãos de Plymouth. Este culto era, de fato, muito restrito que tinham  um intenso ódio e repulsão desenvolvido que se tornaram dogma para estes cristãos. Aleister Crowley tinha um alto nível intelectual. Tais características originais no karma de sua vida conduziram Crowley olhar em direção e examinar qual trajeto deveria levar sua vida. Começando por se rebelar contra a sua religião de restrição, iniciando assim seu fantástico trajeto na Magia(k) e na Iniciação.

Durante essa busca pela sua iluminação ele foi apresentado para George Cecil Jones por intermédio dos Mestres Secretos. Mr. Jones o tornou membro de uma organização oculta denominada; THE GOLDEN DAWN ou AURORA DOURADA. o líder desta organização era um Mago chamado S.L. MacGregor Mathers. Em 1898 e.v., Aleister Crowley recebeu sua primeira Iniciação na Golden Dawn conforme a Tradição Esotérica Ocidental. A.C.  foi membro da Antiga Golden Dawn por dois anos, antes que acontecessem alguns eventos que o forçaram a sair.

Liber LXI descreve o ocorrido que causou a separação de Crowley junto a esta Organização. Basicamente, A.C. insatisfeito com  pureza da Corrente e da Verdade  imposta pela Iniciação que a Ordem impôs para que ele representasse.

Em torno de 1900 e.v., A.C. criou no México, sua primeira Ordem Mágicka, L.I.L., Lamp of the Invisible Light ou Lâmpada da Luz Invisível . Entretanto ele deixou esta Ordem para trás e nunca soube o que foi feita dela. Uma outra semente seria plantada em sua emocionante carreira de Mago.

Em 1903 e.v., Aleister Crowley casou com uma mulher chamada Rose Kelly. Foi Rose Kelly quem estava com ele em lua de mel no Cairo quando o livro da Lei foi concebido por Aiwass o Ministro de Hoor-Paar-Kraat. Tudo isto é detalhado no livro o EQUINÓCIO DOS DEUSES.

Em 15 de novembro de 1907 e.v. a A.·.A.·. (Astrum Argentum) se Manifestou pela Tríade dos Planos Elevados é restabelecida. Este dia é chamado pelos membros da A.·.A.·. como a FESTA DA REFORMULAÇÃO onde grandes invocações e celebrações são realizadas em todo mundo.

Theodor Reuss, da antiga O.T.O., tentou impedir  que Aleister Crowley implantasse a Lei de thelema na O.T.O.. Dias depois, em 27 de Novembro de 1921, e.v., ele escreveu em seu diário: "Eu me proclamei  O.H.O. (Cabeça Externa da Ordem) e Frater Superior da O.T.O. ou Ordem dos Templários Orientais". As forças mágickas dessa conquista tornaram isto realidade quando em 28 de Outubro de 1923, e.v., Theodor Reuss foi executado pelos Deuses para permitir que o profeta desse o seu passo em direção a liderança mundial. Sim, Aleister Crowley não herdou a O.T.O. num sentido ordinário; ele tornou isso possível.

Entretanto, mesmo tendo sido indicado O.H.O. pelo próprio Reuss, Crowley não seria aceito de imediato como líder da Ordem. Um dos motivos disso teria sido a resistência que alguns membros influentes da Seção Alemã da
O.T.O. tinham à possibilidade de estarem sob a liderança de um inglês. Eles preferiam o alemão Tranker.

Mas o principal motivo pelo qual alguns membros alemães da O.T.O. relutavam em aceitar Crowley como O.H.O. era o Livro da Lei e a insistência de Crowley em adotar a Lei de Thelema como base da Ordem. A tradução do Livro da Lei para o alemão fizera com que parte da Seção alemã rejeitasse por completo essa hipótese, principalmente pelo conteúdo do seu Cap. III, que trata do advento da Era da Besta.

No entanto, o próprio Tranker passaria mais tarde a aceitar Crowley como O.H.O. da
O.T.O. no que ficou conhecido posteriormente como a Conferência de Weida, Nesta conferência, Crowley veio a conhecer Karl Johannes Germer (1885-1962), Frater Saturnus, que viria a sucedê-lo na liderança da Ordem quando de sua morte em 1947.

Crowley então seguiu como O.H.O. da
Ordo Templi Orientis, divulgando a Lei de Thelema. Muitas de suas mais importantes obras no período que vai de 1925 até 1947 levam o Imprimatur da Ordem, pois era intenção de Crowley transformar a O.T.O. em uma espécie de arca que preservasse todos os ideais thelêmicos.

Em 1947 Aleister Crowley veio a falecer, deixando a liderança da Ordem para Karl Johannes Germer, Frater Saturnus X, novo O.H.O. da
Ordo Templi Orientis. E Germer viria a ser o responsável indireto pela vinda da 'Lei de Thelema' para o Brasil, através de um de seus mais importantes discípulos, o brasileiro Marcelo Motta (nascido em 1931). O próprio Germer veio a falecer em 25 de outubro de 1962.



Em seu testamento, a Ordem ficaria legada a seus 'Chefes'. Mas quais eram os chefes da Ordem? Não havia um consenso mundial a respeito. Desta forma, pelo mundo afora, vários supostos "Chefes" se consideraram no direito de assumir a chefia daquela organização, se auto,proclamando líderes mundiais e reservando para si o título de O.H.O. Assim, no final dos anos 60, dois outros tomariam decisões parecidas: Kenneth Grant, da Inglaterra, que fora discípulo direto de Crowley e de Motta, que por sua vez fora discípulo de Germer. Ambos também se apresentaram, cada um a seu modo, como Chefes da Ordem.

 
Karl Germer permaneceu como Cabeça Externa da O.T.O. até sua morte em 1962 e.v.. 

 

 

Quando Karl Germer morreu nos braços de Sasha Germer ele tornou público seu desejo que Marcelo Motta se tornasse seu sucessor. Na famosa Carta de Sucessão de Karl Germer para Marcelo Motta. E a carta que Sasha Germer escreveu é datada de 30 de Outubro de 1962, e.v.. 

 

 

Isto é prova absoluta da verdade de que Marcelo Motta se tornara o O.H.O.. 

Esta carta, que teria sido enviada por Germer, nunca chegou às mãos de Motta Segundo este, a carta fora subtraída por alguns dos diversos serviços secretos que estavam no seu encalço devido a suas atividades aqui no Brasil.

 

Neste mesmo período, nos EUA, outro discípulo de Crowley, Grady McMurtry, agora como Himaeneus A A Xº, Califa da Ordo Templi Orientis, tendo corno base documentos de emergência e patentes emitidas pelo próprio Crowley, utiliza esses documentos, evocando autoridade concedida por Crowley e organiza a O.T.O. nos EUA (realmente, durante a Segunda Guerra Mundial, Crowley havia passado a Mcarty alguns documentos dando a possibilidade de direção da Ordem caso algo acontecesse com ele. Note que qualquer sanção de Aleister Crowley para Grady McMurtry eram sujeitas a aprovação de Karl Germer.  A carta de 30 de Outubro dizia que Grady McMurtry era um mentiroso e um traidor ao tentar se tornar o O.H.O. da Ordem.)

Aqui termina uma breve história da O.T.O. até os dias atuais. Desde seu estabelecimento como organização não sectária nós adicionamos o termo Society antes da O.T.O.; e para nossos propósitos legais  nos nos chamamos de Society O.T.O. International ou Society Ordo Templi Orientis Brasil.

Amor é a lei, amor sob vontade

Iniciações na O.T.O. Brasil contate:


frater_magister@terra.com.br   ou  fratermagister@cursosdemagia.com.br

MSN: francisco.marengo@hotmail.com