Non Nobis, Domine Non Nobis, Sed Nomini Tuo da Gloriam.

   

 

Raios de Luz

Perguntas e Respostas

Alfaia Templária produzida para nossa Irmandade

A "Sociedade Templária", não é uma religião ou seita e sim uma grande Fraternidade Universal, composta de homens e mulheres de todas as raças, nacionalidades, posição social, política e religiosa, cheios de boa vontade e perseverança, irmanados na busca da Luz Maior.



A origem de nossa Sagrada Ordem


Castelo Templário

A complexidade e profundidade que envolve a origem de nossa Sagrada Ordem, obriga-nos a dar um resumo superficial deste fato, ficando para um futuro próximo o estudo mais aprofundado e minucioso. portanto, tentaremos, de forma breve e sucinta levar ao nosso querido buscador, à busca das origens e ressurgimentos de nossa sagrada Ordem.

Há aproximadamente 4.000 anos antes de Moisés, da Babilônia e da própria Índia, na época de Rama é que teve início a formação da filosofia Templária, Zoroastro também foi um Templário que muito contribuiu para a formação de nossa Sagrada Ordem.

Nesta época, onde já se falava na lenda da Criação do homem, de sua tentação pela serpente Thiamat, na guerra dos Deuses e dos sete espíritos etc...

Thiamat

Ali, pois inicia-se a história Templária, de busca da verdade e equilíbrio entre a luz e as trevas.
Em 1.010 a.C., Enoch e Elias, dão mais ênfase a essa filosofia, fundando a Ordem Secreta da qual o rei Salomão e Boaz fazem parte.

Enoch

Todo o grande conhecimento e sabedoria que Salomão adquiriu nesta Ordem Secreta, foi colocado e conservado em uma biblioteca oculta nos porões de seu palácio.

Mas com a queda de Jerusalém e a ascensão de Roma, o mundo voltou a cair nas trevas apesar do aparecimento do grande Avatar Jesus "O Cristo".

Mesmo com os ensinamentos dados por este grande Avatar, o mundo posteriormente viveu momentos de grandes angústias, através do derramamento de sangue em nome das "sagradas inquisições". Homens hoje reconhecidos como grandes cientistas e sábios, foram condenados e obrigados a desmentir suas descobertas. Por esta razão, os conhecimentos Templários, eram ministrados secretamente, para não serem seus seguidores considerados bruxos, feiticeiros impuros, sujeitos assim às fogueiras da inquisição.

Por volta de 1118 de nossa era, três cavaleiros, Hugo de Payens, Hugo de Champagne e Cavaleiro Vicente, libertando Jerusalém do julgo dos árabes, receberam do rei de Jerusalém, Balduíno II, conforme solicitação dos mesmos, as ruínas do templo de Salomão, situadas no Monte Moria, de presente.

Nelas finalmente, após muito tempo, foram encontrados, os túneis secretos que os levaram aos tesouros da biblioteca oculta, ressurgindo assim a Ordem dos Templários.

Voltaram então para a Europa, ricos e portadores de grande cultura e sabedoria, aguçando os olhos gulosos e invejosos dos reis, principalmente de Felipe "o Belo" rei da França.

Com grande astúcia e força. Felipe consegue a expulsão e excomunhão dos Templários do seio da igreja e sociedade, bem como a prisão e condenação dos mestres e membros da ordem.

Em 18 de março de 1.314, Jacques de Molay, após ter sido obrigado a confessar sob muita pressão e torturas a adoração ao diabo, bruxarias etc... é então condenado à morte.



Morre assim, condenado pelas grandes fogueiras da "inquisição", um grande herói Templário. Porém, reis de outros países, como Portugal e Espanha, percebendo a importância destes estudos, colocam sob sua guarda e proteção, todo os membros da ordem que fugiam da ira de Felipe. Foram então criadas outras ordens, como "Ordem dos Cavaleiros de Cristo", "Ordem de Sa
int Martin", etc... todas com os membros remanescentes da Ordem dos Templários.

Assim, a sagrada Ordem Templária, não morre. E embora sob outras denominações, continua a influenciar em todos os países, inclusive no Brasil, onde destacamos como um de seus conhecidos membros, Tiradentes, até a década de 40, quando suas portas são encerradas.

Templários do século XXI

Desde sua origem até a presente data, foi a filosofia da ordem se desenvolvendo e aperfeiçoando. Hoje, nossa principal finalidade é a prática da filantropia, com ajuda tanto material como espiritual aos necessitados.



Todo Templário, considera-se um pesquisador de todas as ciências, bem como, quando lhe perguntam a nacionalidade, diz apenas que é o filho do planeta Terra, pois entre nós não existe distinção de raça, posição política ou religiosa.

Monges Guerreiros no momento da prece a Adonai

Dentro de nossos estudos atuais destacam-se:

Kabbalah, Astrologia, Astromancia, Quiromancia, Parapsicologia, Metafísica, Física Quântica, Astronomia, história da humanidade, estudos sobre as energias em geral e demais ciências Herméticas, ocultas e atuais, bem como o desenvolvimento da Mente Humana, para que possamos nos tornar os verdadeiros representantes da humanidade no século XXI.

Desta forma, de maneira breve e sucinta descrevemos a história da Ordem Templária, esperando ter parcialmente esclarecido ao nosso querido buscador.

Com o nosso fraternal e tríplice abraço,

Departamento de Expansão

_______________________________________________________________

Objetivos Templários



1 - Estudo e Pesquisa

2- Fraternidade

3- Caridade

4- Desenvolvimento Espiritual

5- Amor, Justiça e Pureza

6- Solidariedade


7- Liberdade

__________________________________________________________



1- Estudo e pesquisa

Através do estudo e da pesquisa, procuram os Templários, o conhecimento universal, buscando não só os conhecimentos materiais, como também os conhecimentos espirituais. Um Templário, é um eterno pesquisador, e nossos ensinamentos, são no sentido de indicação do caminho na busca e no anseio da humanidade.

2- Fraternidade

Os Templários, consideram todos os seres do planeta Terra, como seus irmãos, independentemente de sua religião, raça ou posição social, tendo em vista que a Luz Maior não criou fronteiras ou nações. Quando nos perguntam a nacionalidade, dizemos apenas somos filhos do planeta Terra e que todos os seres humanos são nossos irmãos.

3- Caridade

Tendo em vista a "Selva de Pedra" em que vivemos, nem todos os seres humanos, conseguem desenvolver suas capacidades de sobrevivência no intuito de amealhar condições favoráveis à sua vida material. É dever de um Templário, a prática da caridade e da filantropia, auxiliando os irmãos mais carentes.

No entanto, um Templário "não dá peixe, mas sim ensina a pescar'.


4- Desenvolvimento Espiritual


Através da prática constante, tem o homem condições de desenvolver a sua mente, alcançando níveis mais elevados de desenvolvimento espiritual. No entanto, dentro dessa prática, não tratamos de assuntos religiosos em nossas Comendadorias.

5- Amor, Justiça e Pureza

Os Templários, consideram estes sentimentos como sentimentos divinos, sob os quais, encontra-se ligada a trindade divina. Pureza e característica do Pai: Amor, é característica do Filho e Justiça característica do Espírito Santo (Pai, Filho e espírito Santo são termos usados, tendo em vista as características cristãs de nossos pais e não no sentido religioso propriamente dito).


6- Solidariedade

A Ordem Templária, é uma sociedade sem fins lucrativos, buscando a paz entre os seres humanos da face da Terra, e por isso, sempre que necessário, encontrar-se-á próxima daquele que necessita de sua ajuda.

Tem também como característica a ajuda mútua entre seus Associados, quer seja material ou espiritual.

7- Liberdade

Temos como princípio, que todo homem é igual perante a Lei, quer seja a Lei dos homens, quer seja perante a Lei Divina, e assim sendo, um dos maiores tesouros da humanidade, é o direito à Liberdade. Liberdade de expressão, pensamento, prática religiosa, etc... e a favor dessa liberdade, sempre lutamos.

Estes são nossos objetivos e esperamos que sejam também, os seus, pois só assim você se tornará um verdadeiro Templário.

TEMPLÁRIOS SEM MISTÉRIOS



PERGUNTAS E RESPOSTAS

Objetivando melhor elucidar nossos novos membros, apresentamos algumas das perguntas mais comuns e suas respostas, quanto à nossa Ordem.

P - 0 que é a Ordem Templária?

R - É uma fraternidade, sem fins lucrativos, com finalidades religiosas e políticas.

P - Qual a sua origem?

R - A Ordem Templária, foi criada há aproximadamente 11.000 anos por Rama, foi recriada em 1.010 antes de Cristo por Enoch e Elias, tendo como um de seus discípulos o rei de Jerusalém, Salomão. Salomão, rei filósofo resolveu criar uma equipe de homens sábios a fim de conservar e propagar os ensinamentos adquiridos, constituindo uma equipe composta de 1 chefe, 3 mestres, 12 companheiros e 72 aprendizes. Destes últimos surgiram os Templários e um dos Templários refugiados na Escócia fundou a Franco Maçonaria. Nossa ordem, durante o decorrer dos tempos, adquiriu conhecimentos espirituais e culturais profundos e consequentemente aos seus conhecimentos, tornou-se uma potência mundial, influindo em todos os setores e em todos países. Durante a Idade média" sua força era tal que influenciou inclusive nos destinos de todas as potências causando inveja e a ganância em diversos Reis.
Felipe "o Belo" Rei de França, encontrando-se endividado pelas desastrosas guerras que havia empreendido e encontrando-se com seus tesouros reais a mingua "voltou seus olhos gulosos" para as fortunas Templárias e mancomunado com o papa tentou destruir a "Ordem Templária", apossando-se de seus tesouros. "Esta guerra santa" culminou à época com a prisão e morte de nosso "
Imperator" Jacques de Molay em 1.314 e com a prisão e morte em toda a França de diversos outros nobres Templários.Porém tal qual o "Fênix", a ordem Templária não foi extinta e nobres refugiados em outros países, deram continuidade à sua filosofia de vida. Embora com os outros nomes, a Ordem Templária influenciou e esteve presente nos grandes acontecimentos da humanidade, inclusive no descobrimento da América e do Brasil, na revolução francesa, e independência de diversos povos, na descoberta de grandes inventos e curas. Em nosso país, ela viveu pacificamente até a década de 40, quando suas portas foram encerradas para ressurgir novamente em 1.985, tendo por fundador deste 3o ciclo o nosso atual Grão-Mestre.

P - Quais as finalidades atuais da Ordem?

R - A prática da Filantropia e o amor ao próximo, auxiliando entidades beneficentes e às pessoas sem recursos que a procuram.

P - Qual a filosofia da Ordem?

R - A união de todos os seres humanos, independentemente de seu sexo, raça, religião, credo político e situação financeira, em uma só "casta", considerando todos como irmãos.

P - Quais as vantagens de se filiar à Ordem?

R -Adquirir mais conhecimentos, maiores amizades e principal mente fazer parte de uma elite de seres humanos que buscam a paz e a união entre toda a humanidade.

P - A Ordem proporciona a seus filiados vantagens materiais?

R - Diretamente não, no entanto, proporciona grandes conhecimentos, tantos materiais como espirituais, influenciando de tal maneira no comportamento de seus irmãos, que aqueles que a seguem com sinceridade, tem obtido resultados impressionantes de sucesso em todas as áreas da vida profissional, social e financeira.

P - Quais as áreas de estudo da Ordem?

R - Em primeiro lugar a área moral: o comportamento humano, o estudo da Filosofia, Parapsicologia, Radiestesia, Cromoterapia, Quiromancia, Cabala, Yoga, Taro, Alquimia: Ciências Ocultas e Herméticas e demais artes que possuam influenciar a mente humana no sentido de desenvolvimento e maior aproveitamento de seu poder.

P - A Ordem influi no comportamento religioso de seus membros? 

R - Não. A Ordem não tem finalidades religiosas e sua filosofia neste sentido, visa apenas a fortalecer em cada ser humano a sua própria convicção.


P - Quanto tempo leva o estudo completo dos ensinamentos da
Ordem ?

R - Os ensinamentos não tem fim, pois a cada momento da vida estamos aprendendo mais e mais, porém cada passagem de um grau a outro, leva no mínimo 6 meses e em cada grau de ensinamento os estudos são mais aprofundados.

P - Dentro da filosofia templária, as mulheres possuem os mesmos ensinamentos e os mesmos direitos do homem?

R - Sim, não existe nenhuma diferença, no entanto, as próprias mulheres, dentro do campo social e filantrópico, tem-se distinguido por uma atividade mais atuante do que os homens, razão pela qual estes setores geralmente encontram-se sempre dirigidos pelo sexo feminino.

P - Como se divide entre os membros da Ordem o poder de administração ?

R - A Ordem é dividida em dois seguimentos distintos, ou seja, membros efetivos e membros honorários. Membros efetivos são aqueles homenageados pela Ordem no grau de Comendadores.

Estes membros, em qualquer assunto de Ordem administrativa, tem o poder de voto.

Membros honorários, são os estudantes e simpatizantes de nossa filosofia, bem como aqueles que direta ou indiretamente venha a atuar em prol de nossa causa. Estes porem, não tem direito a voto.

P - A Ordem Templária tem algo a ver com a maçonaria ?

R - Sim, a Ordem Templária faz parte das Grandes Lojas Maçônicas de Língua Espanhola para o Sul Dos Estados Unidos, com sede em Miami, porém é autônoma em seus trabalhos, estando atualmente com sede em mais de 50 países. Portanto, além de seus filiados serem reconhecidos naqueles países, também o serão perante todas as Lojas Maçônicas das Grandes Lojas de potência Americana e potências Mistas do mundo inteiro.

 Clique na figura e conheça nosso trabalho na atualidade: