Libellus Magicus Grimórios
Libellus Magicus “Verus Jesuitarum Libellus”,  ou, trabalho mágico verdadeiro  dos jesuítas, também chamado  Libellus Magicus, cuja versão  original em Latim está na  Biblioteca pública de  Cleveland. O Libellus Magicus é formado  por conjurações que  apresentam as artes negras em  um contexto cristão: O  trabalho é imensamente  curioso de muitas maneiras. O  nome de Deus está em várias  línguas antigas e os símbolos  da paixão e da morte de Cristo  são invocados para manter os  demônios na linha.  O notável estudioso A.E. Waite  foi dono do manuscrito antes  de passá-lo para Biblioteca  pública de Cleveland. Em seu  livro: “o livro da Magia Negra e  dos pactos (1940)”, Waite  dedicou diversos parágrafos ao  manuscrito.
Heptameron Gr. Papa Honório Gr. Papa Leão III O Grande Grimório Dragão Negro A Franga Preta Grimorium Imperium Livros de Moisés Grimório Vervm Comp. Compositis Magia de Arabatel Grim. de Armadel Bon Po Grim. Turiel Esp. Cristais Artes M. Conjurar Picatrix Segredos do Inferno
E.I.E. Caminhos da Tradição Todo material traduzido por nós está registrado na Bibilioteca Nacional e protegido pela lei de direitos autorais.
Conteúdo:   “O Verus Jesuitarum Libellus contém a maioria das conjurações  poderosas para todos os espíritos malignos em que o estado,  circunstância, e escrita são uma das conjurações mais  poderosas e o mais verossímeis do espírito Uriel; esta é também  a invocação de Cipriano aos anjos, e sua Conjuração aos  espíritos que guardam tesouros escondidos, junto com uma  fórmula para sua despedida, que acreditamos ter sido publicado  em Paris na língua latina, no ano 1508. Reimpresso por  Scheible em Stutgart em 1845, dando forma à parte da coleção  curiosa dos originais de Fausto.  Finalmente, no ano 1875, o Herbert Irwin fez uma tradução  inglesa, que remanescesse no Museu de Stutgart. A data  colocada no título-página da edição original traz algumas  discordâncias. Na primeira década do décimo sexto século não  havia nenhum jesuíta; a sociedade se originou com Santo  Inácio, que morreu em 1556. Descubra os segredos escondidos desta  controversa Ordem  Cristã acusada muitas vezes de possuir interesses políticos,  sócio-econômicos mundiais e acusados inclusive de ter  interesse em fundar “O Templo de Salomão” em Jerusalém de  onde o papa de Roma governaria o mundo, econômica, política  e espiritualmente, através do Papa Negro (seria o governo do  Anticristo dirigido pelo falso profeta).  Além disso, você receberá como brinde a Letania Commvnis  escaneada do manuscrito original em espanhol e latim. 
Ver na loja