CONSPIRAÇÕES

 

POR FRATER MAGISTER

 

 

 

Após ler o ensaio abaixo sobre teoria da conspiração criado por um membro de nossa Ordem, como estudante do campo místico e esotérico há mais de 20 anos, não pude deixar de dar aqui minha observação pessoal.

        Existem inúmeras teorias de conspiração que anda paralelamente a perturbar as mentes mais ingênuas e porque não dizer facilmente iludidas.

        Tudo que vemos ao nosso redor, não é originado de nenhuma conspiração negra, de nenhum lado negro da força, nem muito menos de nenhum governo oculto ligado à tradição da serpente como se fosse o lado negro da força, ficção científica ou coisa que o valha.

        A humanidade é o que é, afinal, somos todos espíritos guerreiros, e desde nossa concepção como chispas ou faíscas divinas estivemos sempre envolvidos em disputas. O espermatozóide vitorioso que fecundou o óvulo, automaticamente fez com seus pares fossem simplesmente perdidos.

        Estamos muito longe ainda de um processo de emancipação espiritual do qual possamos abolir ou abdicar definitivamente de coisas materiais que normalmente consideradas pelos espiritualistas, como menores, e que devam ser simplesmente postas de lado.

        Qualquer autor, tal como Dan Brown, gera a expectativa de que seus escritos possam ser lidos por uma grande maioria, e de certa forma que seu pensamento livre possa fazer com que as pessoas reflitam sobre o assunto abordado. E de certa forma, não há nada de errado nisto, pois afinal ele mensurou fatos e ficção, fez uma salada proveitosa e interessante. Mas o que é fato, o que é ficção?

        Devemos lembrar que uma vez que estamos na matéria, vivendo neste mundo egóico, hipócrita e muitas vezes cruel, precisamos dar o melhor de si mesmos, e só podemos começar isto, fazendo bem a nossa parte, cumprindo bem o nosso papel. E isto significa que se sois estudante colegial ou universitário, aprofunde-se com afinco em seus estudos de modo quando se tornares um profissional seja de qual for à área escolhida que seja um dos melhores, que sinta o prazer de desenvolver a sua atividade profissional, que pense realmente que aquilo que faz gera um efeito benéfico e um benefício indireto a toda humanidade.

        Nisto está contido um ensinamento que diz: "Façais sempre o melhor, dai sempre o máximo de ti, tentais na medida do possível serdes impecável em atos e atitudes, tal como fizeram os grandes guerreiros e sábios da humanidade. Isto, porque não sois peças isoladas num contexto kármico universal, ao contrário disto, sois peças em ação, parte absolutamente integrante de todo este magnífico mecanismo."

        Se cada um pensar que pode fazer o melhor de si individualmente, teremos como conseqüências melhores médicos, cientistas, advogados, engenheiros e principalmente governantes. Se perceberem com a sensação de regozijo que sua parte foi feita, tenham certeza de que o conjunto de atitudes que tiveram em relação à vida, foi e será benéfico não só a si próprio, como a todos aqueles que te cercaram em vida. Enfim , façam à diferença, seja da forma que for.

        A Tradição da Serpente que prega o autor, não é uma Tradição isolada. Não é o lado negro da força, nem o pomo da discórdia dentro das Ciências Esotéricas ou Ocultas. Esta Tradição é apenas um braço do contexto esotérico. Ela é integrante da Tradição da Pomba também conhecida como Via Cardíaca. Nenhum aprendiz ou Iniciado nos Mistérios conseguirá ou obterá a maestria se não conhecer ambos lados de uma mesma moeda. Pois tudo que existe é parte integrante de um Todo. Há o homem e a mulher, o positivo e negativo, o claro e o escuro, à direita e a esquerda, o Yin e o Yang, e como já diziam os sábios, o “Magus” é aquele que sabe ir de um extremo ao outro ainda assim mantendo-se no pilar mediano.

        É por isso que em qualquer Templo ou Verdadeira Ordem Iniciática haverão sempre os pilares de sua sustentação tanto do lado direito, como do esquerdo, haverá também sempre uma Egrégora de Proteção, e finalmente haverá sempre os Guardiões ou Sombras que zelam a entrada do Templo Sagrado.

        Todos os caminhos são acessíveis, tudo faz parte de nosso aprendizado, a vida é dor desde o momento do nascimento, até o momento do desenlace final. Somos o que somos, e na verdade existem apenas dois tipos presentes na humanidade, inclusive sujeitos as leis que regem também a física moderna.

        Haverá aqueles que agem tornando-se os artistas principais de suas vidas e aqueles que esperam, achando que o Universo e a humanidade precisam lhes prover do necessário para sua subsistência. Os primeiros estão em Ação e logo, para toda ação haverá uma reação de igual intensidade e força, OS SEGUNDOS, CONFORME O FAMOSO ADÁGIO POPULAR, ESTÃO NA INÉRCIA E NA ESTAGNAÇÃO DE SEUS ESPÍRITOS, PORQUE NÃO AGEM MUITO, E NEM SOFREM MUITO, preferindo engordar as fileiras dos fracos, dos servos e pedintes. Já disse e repito tornando minhas também as palavras do Mago Aleister Crowley: "Se a maioria da humanidade prefere ser as ovelhas de um grande rebanho, eu serei o Leão!"

        Porque acreditar na existência de uma Federação Intergaláctica, comandada por Ashtar Sheran, ou outro qualquer, tal como um ser bonzinho que vive a manter a paz entre os povos da federação. Acho mais fácil acreditar não existam tão boas intenções assim de seres extraterrestres, a julgar pelos inúmeros casos de abdução e gente desaparecida que vemos por aí.

       Já foi dito pelo grande e saudoso astrofísico Carl Sagan que só em nossa galáxia devam existir milhões de planetas habitados com as mais variadas formas de vida, normalmente adaptadas as condições e o meio em que vivem, podendo diferir, portanto, em muito daquilo que concebemos como forma de vida, e talvez indo mais adiante, podemos chegar a conclusão que quanto mais evoluído o ser, menos matéria e mais espírito ou energia ele será formado, muitas vezes não sendo sequer captado ou concebido pelos nossos grosseiros sentidos físicos.

        Na Ordem que pertenço há muitos anos, existe uma teoria que explica a existência de duas espécies distintas que há muitos visitam nosso planeta, essas duas espécies poderiam ser organizadas em dois agrupamentos distintos, um primeiro, sendo formado por seres humanóides, cuja aparência física venha a se assemelhar muito a nossa forma atual, e a segunda, formada por seres de origem reptilínea de aparência bem diversa da nossa, também conhecidos por Grays, curiosamente partícipes constantes dos inúmeros relatos de abdução alienígena.


  
     Os primeiros parecendo ter certa afinidade por nós, tal como se fossemos filhos de um evento de onde um dia teríamos sido originados, e os segundos, simplesmente mais voltados à pesquisa científica e objetivos não tão humanitários, no que se refere ao nosso planeta. Por uma lei de atração magnética não acredito que nem um tipo e nem outro sejam de fato tão evoluídos espiritualmente ou moralmente falando de acordo com nossos costumes, exceto é claro cientificamente.


  
     O fato é bastante simples e fácil de ser entendido, ele repousa nas nossas origens. Apesar de acreditar na evolução das espécies, pressupomos que possivelmente que não seja verdade que o homem descenda unicamente do macaco, e que talvez, possa a nossa espécie tenha sido melhorada geneticamente pelo cruzamento com seres extraterrestres.


  
     Assim por análise a tal fato, diria que obviamente não seria verdade que a vida humana tenha surgido no Continente Africano, principalmente porque nunca existiu uma primeira única cor na raça humana, pois o branco, amarelo, negro e o vermelho surgiram em nossas narrativas históricas simultaneamente, sendo mais provável que cada uma dessas raças tenha surgido num determinado Continente e que possivelmente tenha vivido por milênios incontáveis em total isolamento, sem que nem mesmo desconfiassem da existência de outras raças. Os fatos reais que originaram essas raças, portanto, estariam perdidos nas noites do tempo.

 
  
     Faz-se também necessário observar que no decorrer das eras, aconteceram diversos cataclismos de menor ou maior intensidade, tal como, os cientistas de hoje puderam conceber em seus estudos sobre o passado de nosso planeta, e que tais cataclismos alteraram mais de uma vez, a configuração da crosta terrestre, propiciando grandes deslocamentos humanos, para regiões menos inóspitas, o que teria levado raças puras à miscigenação, dando assim, origem a portentosos troncos étnicos que duram até os dias de hoje.


  
     Assim, também podemos pressupor que a Terra vem sendo habitada por seres humanos há vários milhões de anos. Logo, grupos étnicos diversos, podem ter surgido no decorrer das eras ou ter também desaparecido, tal como alguns sugerem a existência do continente perdido dos Atlantes, cujos povos orientais ou asiáticos possivelmente descendam e dos Lemurianos, cujos povos da raça negra e da raça parda possivelmente devam descender.


  
     Portanto, não podemos nos apegar muito ao que os pesquisadores têm dito ou escrito, pois as teses que deles partem, surgem em teorias descobertas nos fósseis, mas que a cada instante trazem uma nova interpretação.


  
     O que é certo para aqueles que estudam a filosofia espiritualista e reencarnacionista, é que nós espíritos humanos, somos seres em evolução e que possivelmente já vivemos num tempo anterior ao grande cataclismo que destruiu parte dessas antigas e grandes civilizações, de modo que algumas suspeitas disso fiquem registradas em nosso subconsciente espiritual intitulado de registros cósmicos ou Akasha.


  
     E por falar em espírito humano, é interessante um adendo para mencionar que a Ordem dos Templários, surgida na Idade Média em solo europeu, foi uma tentativa de reativação de uma sociedade mística muito mais antiga, formada por guerreiros que seguiam e que seguem até hoje a Tradição, como Guardiões do Templo Sagrado Interno, Externo e Astral, e que a torna a mais antiga sociedade mística, cujos seres a ela agregados, atuam no nosso orbe terrestre, influenciando beneficamente todas as atuais religiões dentro daquilo que intitulamos de parcela da Verdade.


  
     Em verdade, os Templários são, não a milícia templária medieval, e sim aqueles homens e mulheres que tem um Templo dentro de si, o Templo do Espírito Santo e são os verdadeiros Guardiões dos Grandes Templos Sagrados e da Ordem do Templo, que no astral, é regida por Marte, o Senhor da Guerra e da purificação espiritual pela chama sagrada, também sincretizado no deus Hórus egípcio, trabalhando um mistério sagrado que visa a emancipar mais rapidamente a humanidade, tornando-a, tão logo, quanto possível, um receptáculo das forças superiores ou divinas, criando definitivamente em cada ser humano um templo dentro de si.

 

 

CONSPIRAÇÕES

POR FRATER AKALUM

 

        Ouvimos sempre falar de conspirações mundiais e ordens secretas por todas as partes, mas o que será que poderia estar acontecendo? Será que realmente está acontecendo algo? Se existem ordem, qual seria o real significado da existência de tal coisa? Ajuda pessoal? Um bem “maior”? Pactos para fins egóicos e nefastos? Bom, vou passar aqui um pouco de informação que obtive ao longo de pesquisas. Elas podem ter procedência ou não. O acreditar ou não fica por conta de cada um.

        Tudo teria começado no oriente médio, com a “Ordem dos Assassinos”. Essa Ordem usava para manipular os seus adeptos a “crença religiosa”. Podem morrer por Alá que terão vida eterna no paraíso, com muitas virgens vos esperando ansiosamente. Nossa! Uma proposta e tanto, um sacrifício para ter tudo depois. Se formos observar este conceito, essa Ordem subsistiria até os dias de hoje e seu cabeça seria Osama Bin Laden.

          A conversa continua “funcionando” até os dias de hoje. O império romano e outros impérios anteriores que foram forjados debaixo de guerras e estratégias seriam como uma espécie de “ordem” onde todos sabem de sua existência. Se lermos as histórias da humanidade, vemos claramente que a criação da Igreja Romana, foi a ultima estratégia do império romano para continuar existindo disfarçado, pois estava ruindo na época.

          Aprisionar pelo medo e pela “fé”. Uma ótima estratégia de guerra. Se observarmos mais a fundo ainda veremos a igreja romana como uma ordem, igual a outras ordens secretas. Você sabe o que o padre aprende de verdade? Sabe o que os bispos estudam? O papa seria uma referência a Kether “coroa” da cabala? As histórias também dizem claramente sobre a tentativa de monopolização dos “segredos da vida” pela igreja. Eles diziam que eram apenas dignos de saberem os segredos “os reis e os padres”.

          Bom, falando a mesma frase em um outro contexto: “o resto do povo tem que ser enganado porque não são dignos”. Voltando no tempo, vemos a existência da “ordem dos pobres cavaleiros de cristo” ou priorado de Sião ou ainda “a ordem dos cavaleiros templários”. Dizia a lenda que eles serviram como uma “guarda” da igreja católica para guiar os peregrinos em segurança até a terra santa. Será? Foi fato estranho a igreja lançar por esse dias uma “história” falando que eles não mataram os templários. Francamente prefiro ler gibis, pelo menos às mentiras dos gibis são mais lógicas. Além do que um gibi não custa muitos mil reais. Falando de conspiração, vemos em alguns locais até da internet que existem 13 famílias que mandam em nosso planeta. Vemos que dentre elas estão os Bilderbergs, e os Merovíngeos, além de outros que incluem a família real britânica.

         É interessante notar duas coisas: o brasão do grau 33 da maçonaria tem algo a ver com a família Bilderberg? A família do suposto Jesus, como retratado no livro de Dan Brown “Código Da Vinci” seria a família Merovíngeo tão retratada em sites sobre conspirações mundiais? Seriam esses os segredos que condenaram os templários a morte? O que teria a ver linhagem genética com tudo isso? Só porque são “famílias nobres” ou tem algo a mais por trás de tudo isso? Em sites de conspiração fala-se sobre uma raça alienígena “reptilianos” que vieram para nosso planeta e estão tentando manter as pessoas aprisionadas. Estudando as três áreas do nosso cérebro, imaginaremos que os instintos mais primitivos da natureza terrestre desde a época dos dinossauros existem até hoje, dentro de nós, dentro desta área. Seriam as personificações desses instintos selvagens e primitivos os tão temidos demônios? Se fossem, o que seria os Anjos caídos? Nossa! Essa história está ficando complicada, será que uma coisa tem a ver com a outra? E os aliens? Quem seriam nesta gigantesca trama mundial? Bom, vamos tentar com todas essas informações, elaborar uma história, mesmo que tudo isso seja ilógico, vamos procurar lógica dentro da ilógica.

        Porque rir a duvidar de tudo, qualquer vagabundo de rua faz. Vamos tentar algo diferente agora. Vou tecer minha linha de raciocínio, depois quem quiser exercitar a mente, que faça a sua se não concordarem com a minha. Vamos voltar a pré-história. Os seres viventes aqui (que já poderiam ou não ser criações de aliens) viviam como todo o bom primata. Caçavam, comiam, procriavam e dormiam. Migravam na busca de água e outros alimentos. O universo tem que se mover, não pode ficar estagnado para sempre. Logo, alguém deveria vir para cá ajudar. Bom, poderiam vir para cá seres “exilados” de outros planetas também, talvez algo parecido com o livro espírita “os exilados de capela”. Como tudo no universo, uma troca.

        Eles pagam o carma pela bagunça ajudando os primatas e vivendo longe de sua terra natal e sem o conforto tecnológico de outrora. Então vamos fazer o seguinte, vamos misturar mais ainda. Vieram pra cá os seres que criaram as primeiras novas civilizações da terra. Poderiam ter criado os orientais, com sua super-inteligência e capacidade de criação tecnológica para nos trazer evolução. Logo, o gene desse povo já não seria igual aos dos primatas de nossa terra, que poderia ser os povos antigos e tribais como os da áfrica, que foi o “berço da civilização”. Começaram então a existir os primeiros impérios no nosso planeta e as primeiras “diferenças genéticas”. Damasco, outra área que é conhecida como os primórdios da humanidade, com sua capital “Síria” e toda a descendência egípcia com as maravilhosas proezas dos faraós. Seriam descendentes da estrela que tanto veneravam? Sírius ou “A Estrela Cão” tão adorada até hoje por satanistas? Termos como “calor do cão” provém desta estrela tão maior que nosso sol, pois a época mais quente no Egito era a época onde Sírius brilhava vermelha no céu. Por isso também o hábito que chamar os demônios de “cão”, cão do inferno, etc. Coincidência?

          Agora vamos pensar em outro império que “quase” dominou o planeta. O nazismo e o arianismo. Dizem a lenda que a estrela dos Arianos é Aldebaran que fica na constelação de Touro. Os Judeus poderiam talvez ser descendentes de “Sírius”, seria esse um confronto bem maior do que imaginamos? Bom, além de todos esses “aliens” sejam intra-terrenos, como diz algumas lendas de Hitler ter fugido para o pólo norte e adentrado o centro oco da terra, uma das raças aliens e mais ainda os velhos instintos planetários? Existem textos até que vão um pouco mais longe, e falam que dentro do centro oco da terra, existem 12 civilizações alienígenas, que seriam as 12 tribos de Israel. Que coisa! Mas para que eles lutariam? Qual seria a causa deles? Se eles têm tanta tecnologia e evolução mental, não ficariam preocupados com roupas de marca ou carros importados. Seria talvez uma tentativa de fazer esse planeta uma extensão do deles? Ou realmente estariam aqui para nos ajudar na evolução e evitar que nós, meros primatas, acabássemos com os recursos da terra?

          Talvez ainda, esse jogo de exílio vá mais longe, onde a condição para “voltar para casa” seria vir de nave. Nossa! Enquanto não evoluírem o planeta a ponto de conseguirem fazer tais viagens, nada de voltar pra casa. Ensinaram a civilizar, e agora tem que tomar conta.  Vamos mudar de história sem sair da mesma. Vemos em gênese, capítulo 6 versículo 2: Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; E tomaram para si mulheres de todas que escolheram... Será alguma referência aos “anjos caídos”? Ou então a Povos de outros planetas? De qualquer forma, na história, uma coisa aconteceu. Ouve uma miscigenação, um “intercâmbio” de raças.

          Seriam as 13 famílias “nobres” da terra, cuja qual “segundo fontes” 33 dos presidentes americanos são descendentes uma mistura com os aliens? Mas existe um problema nisso tudo. E os instintos primitivos da terra? Se os humanos evoluírem e pararem de dar energia a área reptiliana do cérebro (complexo “R”) eles deixarão de existir na evolução. Acham que eles gostariam disso? Alguém tem que lutar contra e nossa evolução. Alguém tem que truncar nosso raciocínio. Alguém tem que nos fazer temer pensar, temer evoluir. Isso lhes parece familiar? Talvez se eu acrescentasse a palavra “pecado” para resumir o plano reptiliano serviria? Lembre-se que estamos apenas fazendo um exercício de raciocínio. Nosso universo é abundante de energia, para que então, alguém precisaria “matar” seu semelhante para obter a energia do sangue? Isso seria ilógico e insano.

          Mas não se virmos de outro ponto de vista. Se as leis cármicas existem, logo, uma pessoa que se submete a tal influencia nefasta para obter bens materiais estaria “vinculada” a esse tipo de situação. Isso seria uma garantia aos reptilianos de que seus servidores haverão de cair na mesma escravidão por muitas vidas até acordarem e resolverem se livrar deste nefasto círculo cármico. Isso sim seria um pacto, mas um pacto onde só os reptilianos ganham. Os serviçais têm que lutar contra toda a evolução humana em troca de migalhas. Que coisa! Será que se eles soubessem desta história e ligassem quem trabalha para quem, não refletiria melhor sobre as supostas histórias de um Deus injusto e cruel? Quem inventaria uma história tão terrível dessas? Bom, se isso tivesse algum fundamento, então as histórias do nosso mundo estariam invertidas.

          Os Illuminatis estariam trabalhando pela humanidade e não contra, pois os que acusariam, seriam os próprios pregadores da mentira. Ou será que existem “duas classes de Illuminatis?” Seriam esses “dois lados”, um lutando para nos fazer evoluir e outro para nos truncar e evolução o tal “bem e mal” de verdade? Se fosse, então a população do planeta estaria mais enganada do que nunca foi. Tudo para a subsistência de um império que não quer ruir. Respiração seria uma forma de obtenção de energia vital, é engraçado vermos em algumas emissoras de TV ensinando as pessoas que a respiração correta é “bem leve” quase não respirando. Pequenos detalhes nos ensinariam quem está trabalhando para nos libertar e quem trabalha para nos aprisionar. Outra coisa interessante é que dinheiro é energia e energia não pode estagnar, tem que fluir. Tudo o que fica parado, ajunta bicho. Quem pensa em miséria atrai miséria para si. Mas aparecem de repente tantos “economistas” nos ensinando a contar moedinhas, atitude digna de mendigo. É claro que não estou falando para ninguém esbanjar o que não tem. Equilíbrio seria o melhor caminho, conforme precisa se gasta. Comprar o peixe sem pechinchar. Acha que se alguém lhe rouba no troco você não recebe de outra forma? Acha que a pessoa sairá impune? Acha que não existem leis regendo todos os nossos atos? Quem acha isso é o pior dos cegos.

          Não observou nada em anos de vivência. Cientistas falando que a água do nosso planeta vai acabar! O que ela virará? Fogo? Ou todos esses átomos e moléculas vão simplesmente sumir de nosso planeta? Todos os mares vão se tornar canions? Ou a chuva vai começar a cair salgada? Medo faz as pessoas “pararem”. Parar estagna a evolução, trunca o movimento energético. Outros nos ensinam que temos que nos “contentar com o que Deus nos deu”. Francamente, Deus nunca tocou minha campainha para me dar comida. Conformismo, pecado, medo, escassez. Será que alguma coisa disso é real? Ou será que são as “idéias conspiratórias” que não são reais? Teriam pessoas em nosso planeta portadoras dos genes que nos permitem evoluir e outros não? Seria isso a causa de sempre gostarmos de “opostos” a nós? Aquilo que nos completaria? Até que um dia toda a terra se tornasse “gene-portador”? Então todo o planeta evoluiria sem limites. Seria essa a causa de o sexo ser visto como “o maior de todos os pecados”? Isso nos faria pensar que doenças como a Aids poderiam mesmo ter sido feitas em laboratório.

          O objetivo seria bem claro. Já que o “pecado” não surte mais tanto efeito. Essa guerra também seria bem entendida, ou seja, uma velha questão que todos falam: Se ordens fossem coisa boa não seriam escondidas. Mas com um inimigo dominando a grande massa acha que uma incitação contra algo “do demônio” não seria fatal? Funcionou uma vez com muito derramamento de sangue. Irônico isso. Os que ajudariam a terra teriam que se esconder. Os maus seriam louvados. Os bons vistos como demônios. Talvez uma nova ordem mundial fosse o ponto chave para guiar o povo à liberdade e não uma escravidão coletiva como parece. Já que se não fosse eles, a terra estaria perdida há muito tempo.

          Quem é quem nesta suposta conspiração? Ou será que somos apenas um “acidente biológico”, acho que esta ultima hipótese é a pior de engolir. O que seria uma pessoa iluminada? Se Lúcifer fosse o mal, porque teria o nome de “portador da luz”? Porque na bíblia: apocalipse, capítulo 22, versículo 16, Jesus diz: Eu sou a raiz e a geração de Davi, a RESPLANDESCENTE ESTRELA DA MANHÃ? É, francamente, acho que tem muitas coisas ainda a nos ser esclarecidas. Mas gostaria que todos pesquisassem e lesse tudo o que encontrasse, com imparcialidade e racionalidade. Não tomem partido nenhum antes de ver com “todos os olhos”. Pensem, é de graça, ou vão cair naquela outra mentira que pensar muito queima neurônio?

Um forte abraço a todos.