ARTE DO SER

 Francisco Marengo

 

"Em uma alma absolutamente livre

De todos os pensamento e emoções

Nem mesmo o tigre encontra espaço

Para cravar suas garras afiadas.

 

A mesma brisa passa

Pelos pinheiros da montanha

E pelos carvalhos do vale

Então, por que produzem notas diferentes?

 

Nenhum pensamento, nenhuma reflexão.

Vazio perfeito.

Porém algo se move ali,

Seguindo seu próprio curso.

 

Os olhos a vêem,

Mas nenhuma mão pode alcançá-la -

A lua no riacho

 

Nuvem e névoa

São transformações entre o céu e a terra.

Acima delas, brilham externamente o Sol e a Lua

 

A vitória é para aquele

Que, mesmo antes do combate,

Não pensa em si mesmo,

Obedecendo a não mente da Grande Origem".

 

(Monge Taoísta homônimo, séc. XII e.v.)  

 

 

Faz o que tu queres há de ser tudo da Lei

 

        Se me perguntassem hoje como resumiria o significado de tantos anos de estudo da Arte Mágicka, diria que aprender Magia é como extinguir tudo que obscurece a verdadeira Sabedoria, e a vida de cada um. É como sintetizássemos nisso o verdadeiro significado de evolução. Sim, porque para o leigo, seus cultos e crenças devem enfatizar aquela parte específica que se une ao Todo, quando na verdade deveríamos buscar a parcela do Todo que ocupa aquela parcela específica e finita de união.

 

        A fórmula primeira que transcende o Karma está na maneira que utilizamos nossa mente e que fortalecemos nossa vontade interior. O Uno só pode ser sentido quando as falsas noções que envolvem o ego inferior, cujo destino pode ser considerado à parte do Todo, forem aniquiladas para sempre.

 

        O Vazio ou Vácuo é aquilo que fica no meio disso e daquilo. Nele tudo é preenchido sem que hajam oposições. Ele pulsa porque todas as formas saem dele, assim como uma energia sutilíssima caracterizada no amor de tudo aquilo que é vivo.

A segunda fórmula consiste em se aniquilar momentaneamente, sim, porque assim fazendo não possuirá ganância, nem se apegará excessivamente a coisa alguma, nem a ninguém. Pois fazendo assim, seu corpo fluirá livremente e trabalhará na conformidade com a disciplina que lhe for imposta.

       

        A rigidez que eu sempre digo é disciplinar, mas, se houver rigidez na mente, aquilo que é externo e interno jamais será revelado. Mova-se como o elemento água que a todas as formas se adapta, que reflete e se resolver falar que sua voz seja como um eco.

 

        Sê flexível e nada poderá quebrá-lo ou destruí-lo.

       

        Mova-se sem se mover, seja como o reflexo da Lua sobre as ondas do mar, com o seu fluxo e seu refluxo. Pois se assim for, perceberá que aquilo que não for feito exteriormente, ainda assim será feito em teu interior. Esqueça a autoconcientização de si, pois isso poderá impedi-lo em sua tomada de ação.

       

        Esqueça de tentar localizar sua mente, ela está em todo seu corpo e ainda assim não estará em parte alguma. Ao contrário disso permita que ela flua livremente, pois do contrário será uma mente fraca e deixará de ser o que realmente é.

Seja estático como o eixo da roda enquanto focar em uma atividade para o sucesso da mesma.                

       

        Dispersão é sinônimo de mente fraca.

 

        Realize sem buscar grandes realizações. Seja como o grande ator que simplesmente executa bem o seu ato.

Se você se perder no colorido de seus anseios e sonhos não compreenderá a essência primal de todas as coisas.

       

        A Grande Arte atinge o ápice quando desprovida de ego. Preocupar-se com detalhes egóicos e com as impressões que poderia causar nos outros é um empecilho para a Liberdade plena e verdadeira.

       

        A Verdadeira Senda é só inatingível àqueles que estão desesperadamente em sua busca. Não sinta medo de de conhecer sua essência. Pois só assim nascerá a coragem dentro de si. 

 

        Se buscar conhecer os insondáveis mistérios do céu e da terra, não tome partido a favor "de", ou contra isso ou aquilo. Pois isto destoará sua mente.

       

        Não há sabedoria alguma em tentar arrancar o bem ou o mal dentro de si. Ao contrário disso pense em ambos como um dragão alado que solta fogo pelas ventas, onde deverá aprender a cavalgá-lo.

       

        Se a vontade que lhe é imposta for superior, não lute contra, pois se lutar desesperadamente contra ela, sucumbirá a mesma, como se um mal estar físico se apoderasse do corpo. Ao contrário disso permita que ela flua pelo teu ser e ela passará e te libertará.

       

        Seja comum, não há espaço em Thelema para ser incomum, coma, beba, transe, durma e viva deixando que os ignorantes riam de você e os sábios o compreendam pelo que realmente é.

Não há nenhuma relação a ser feita do seu ego com a vida, pois o mesmo é passageiro e cedo ou tarde se desintegrará no oceano cósmico do Todo. Assim ande ao lado e não na frente que finalmente vencerá.

       

        Não fuja espavorido de um revés deixe-o acontecer, aprenda com ele, pois se não procurar, finalmente encontrará o que busca.

       

        Pense sem pensar, aprenda a observar as coisas no sentido oculto em que elas se apresentam e compreenderá um grande mistério.

       

        E finalmente, permita-me dizer que nada posso ensinar abertamente, pois este pequeno ensaio destina-se a ensiná-lo a compreender isso, e também a pensar, falar e agir corretamente. Para isso seu esforço contínuo será necessário até o momento que a concentração o levará a consciência desperta de si mesmo.

 

        Amor é a lei, amor sob vontade.